Luz del Fuego

O espetáculo utiliza a vida de uma personagem do passado para discutir o momento atual do país.

Apontada por muitos como devassa e defensora do sexo livre, a bailarina Luz del Fuego (1917–1967) já teve sua história contada nas telas dos cinemas em um filme que, em 1984, rendeu a Lucélia Santos o prêmio de melhor atriz, em Gramado.

Agora, 34 anos depois, a história da moça rica e bem nascida, que depois de estuprada pelo cunhado e internada como louca foge para o Rio de Janeiro para se tornar uma artista mundialmente conhecida, foi escolhida para ser encenada novamente não só pela arte, mas principalmente pelo discurso libertário sobre aborto, homossexualidade e nudismo.

Uma superprodução que, apesar das várias cenas de nudismo, foca-se principalmente na questão política, tentando buscar explicação para um fato que, segundo o novelista Aguinaldo Silva (que conheceu Luz del Fuego pessoalmente e participa do espetáculo como narrador de algumas ações), marca a história do nosso país: “o modo violento como vem morrendo, no Brasil, mulheres que romperam bruscamente com os padrões vigentes de feminilidade, ou então questionaram, mesmo de uma forma confusa e inconsciente, os papéis que nossa sociedade de macho lhes reservou”.

Apesar do título, a peça não está centrada apenas nas aventuras e desventuras da personagem principal, mas também nas angústias e sofrimentos da sua família: a mãe dominadora, a irmã racista e preconceituosa, o irmão fracassado e o cunhado mau caráter.

Sábados às 21h
Domingos às 19:30h

Ficha: técnica
Texto: Julio Kadetti
Direção: Maciel Silva
Assistente de Direção Georgina Castro
Elenco: Rita Cadillac, Elisa Romero,Letycia Martins, Ana Saguia , Yuri Martins, Arnaldo Gianna, Arnaldo D’Ávila, Leoncio Moura, Cleber Colombo, Maciel Silva, Victor Wagner, Aguinaldo Silva (gravação em áudio), Marcelo Focoimage (voz do rádio)
Direção Musical: Ivan Alves
Coreografia: Cauê Valliaz
Figurinos: André Liberrmundi
Cenografia: Marcelo Andrade
Iluminação: Hugo Peake
Produção Executiva: Suely Santana
Assistente de Produção: Roberta Viana
Direção de Arte: Nicholas Binotto
Fotografia: Marcelo Focoimage
Idade: 14

Postado em Em cartaz